Category: DEFAULT

Namoro A Dois - Cabeca De Nego - Cabeca De Nego (CD, Album)

8 comments

  • Grogul
    Debut album by the Carioca soul/funk/reggae sextet Cabeça de geitridefrasmaronilabiccithege.co critical tone of their lyrics in early live performances (telling the harsh reality of Rio's working-class suburbs) gave room to innocuous romantic compositions throughout, with only "Negro de Natureza" ("Black by Nature") representing a timid effort of racial pride.6/
  • Dicage
    Namoro À Dois de Cabeça De Nego, música para ouvir com letra, tradução e vídeo no Kboing.
  • Fenrigami
    Jan 01,  · Namoro À Dois, a song by Cabeça de Nego on Spotify We and our partners use cookies to personalize your experience, to show you ads based on your interests, and for measurement and analytics geitridefrasmaronilabiccithege.co Duration: 4 min.
  • Kakora
    CD CABEÇA DE NEGO Gravadora: Polygram Catálogo: Ano: Artistas: Cabeça De Nego. Compartilhar: Faixas. Voltar 1 Olha Pra Mim Namoro a Dois (Alain Tavares) 0 11 Pensando Nela (Don Beto/Reina) 0 12 O Pequenino (Carolina.
  • Zujora
    Músicas do álbum Cabeca De Nego de Cabeça De Nego no Kboing. Artistas e Gravadoras cadastre suas músicas Siga o Kboing nas redes sociais.
  • Yozshuzahn
    O nego não para no tempo não, Suas origens vem de angola a um bom tempo Saboti zil, brasil bem brasil no rio do verdinho cabeça de nêgo! Desfecho conforme, vive o vento se mostra respeito pro povo Um ofenso, universo protetor do louro, que olheu colheu o louro lourolouro. Nego não para no tempo Seja um tormento! adeus, que é forte, se sente um lamento Maracutaia, lá do norte mano vai.
  • Yozshushura
    Letra e música de Cabeça de Nego de Karol Conka 🎵 - Nego não para no tempo / Teve um tormento, a dor que é forte, se sentiu lá dentro / Maracutaia lá no norte, o mano vai viver / Maracutaia segue a seco, um dia irá chover.
  • Diktilar
    O nego não para no tempo, não Suas origens vem de Angola há um bom tempo Sabotezil, Brasil, bem Brasil no Rio Do verdin, cabeça de nego Desfecho conforme vive o vento se mostra Respeito pro povo, um ofenso universo Protetor do Orum Que olhou, colheu o ouro Ouro no Olorum modupé. Nego não para no tempo Teve um tormento, a dor que é forte, se sentiu lá dentro Maracutaia lá no norte, o.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

1 2 »